ATÉ QUANDO ESPERAR

ATÉ QUANDO ESPERAR

ATÉ QUANDO ESPERAR – DEJAVU VOL. I
André X / Gutje / Philippe Seabra

Não é nossa culpa
Nascemos já com uma bênção
Mas isso não é desculpa
Pela má distribuição.
Com tanta riqueza por ai onde é que está, cadê sua fração?
Até quando esperar? Esperar…

E cadê a esmola
Que nós damos sem perceber,
Que aquele abençoado
Poderia ter sido você.
Com tanta riqueza por ai onde é que está cadê sua fração?
Até quando esperar, a plebe ajoelhar esperando ajuda de Deus?

Posso vigiar teu carro, te pedir trocados, engraxar seus sapatos.

Com tanta riqueza por ai onde é que está cadê sua fração?
Até quando esperar, a plebe ajoelhar esperando ajuda de Deus?
Até quando esperar, a plebe ajoelhar esperando ajuda do divino Deus?